Como a IaaS e o outsourcing ajudam os CIOs na pandemia?

Como a IaaS e o outsourcing ajudam os CIOs na pandemia?

Nesse momento onde as empresas olham para o momento pós COVID-19 de suas estratégias, os CIOs assumem um papel crucial. Dessa forma, com orçamentos controlados e novos métodos de trabalho, é preciso olhar com cuidado, especialmente, as inovações.

Uma delas é a infrastructure as a service (IaaS), um cloud service no qual é possível provisionar e controlar estruturas como servidores e datacenters virtualmente.

A IaaS como recurso

Os investimentos em infraestrutura como serviço devem crescer para US$ 50,4 bilhões (13,4%), em 2020, motivados pela recuperação da pandemia. Essa tecnologia, ao mesmo tempo que permite evitar os custos e complexidade de servidores físicos, permite uma escalabilidade diretamente relacionada à demanda. Dessa forma, ela possibilita um maior controle sobre o orçamento ligado a demanda atual e maior foco no business core.

Por estes motivos, a IaaS agrega outro ponto positivo nesse momento de recuperação econômica. Devido as novas dinâmicas de negócios, pagar pelo que é usado/alocado, atrelado à serviços de acompanhamento e estabilidade das aplicações, permitem mudanças estratégicas ainda mais cautelosas e efetivas.

Agregar essa estratégia é ainda mais produtivo quando atrelada a outro tipo de demanda de tecnologia: o outsourcing da força de TI. Tradicionalmente, esse tipo de demanda de recurso depende do foco do negócio e da demanda em tecnologia da informação.

Por esse motivo, controlar a estrutura de TI, tanto nos recursos tecnológicos como de força de trabalho, pode revolucionar sua gestão de tecnologia.

Os desafios do Outsourcing

O desafio de alocar times internos de tecnologia começa na captação desses talentos no mercado. Apesar de serem abundantes, é uma tarefa muito específica do RH que requer aliar qualificações com o perfil da empresa. Ainda mais, tudo ocorrendo em um espaço de tempo relativamente curto.

Como foi dito, a alocação desses talentos depende do volume da demanda, que pode variar entre projetos. Em alguns momentos, ela até mesmo ocasiona conflitos internos quando esses recursos não são tão necessários. Isso ocorre geralmente pela realocação de talentos já presentes na empresa em demandas adicionais.

Essa é, de fato, uma solução eficaz e rápida, mas dificilmente oferece um ambiente de estabilidade para o colaborador. Além disso, facilmente ela se converte em excesso de demandas por time, oferecendo baixa estabilidade de cargos para perfis essenciais na empresa. Esse tipo de ambiente, justamente pela demanda crescente, pode afastar talentos em momentos críticos de planejamento.

Como a combinação do Iaas com o outsourcing pode ajudar?

Atrelar a IaaS com o outsourcing de TI permite o desenvolvimento de recursos estratégicos na empresa em um tempo menor, enquanto preserva ativos-chave da empresa. Dessa forma, é possível resguardá-los para um momento posterior onde eles realmente são necessários, enquanto preserva custos e mantém a qualidade de produção dos setores de tecnologia.

Outro ponto positivo é um maior controle sobre os efeitos e resultados esperados de cada ação, possibilitando uma melhor avaliação e maior precisão para o orçamento provisionado.

Tudo isso vem acompanhado pelo respaldo de uma infraestrutura externa de empresas fornecedoras especializadas, que antecipam e minimizam problemas típicos desse fluxo, por um custo/benefício muito atrativo.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre a eficiência desses recursos, tente nosso teste para saber a saúde do TI da sua empresa nesse momento de crise.

Clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *